Como trabalhar o marketing de conteúdo?

As técnicas voltadas para o marketing progridem constantemente, entre suas novas práticas, o marketing de conteúdo é um dos mais populares.

Em uma época onde grande parte das atividades cotidianas podem ser feitas pela web, as empresas têm investido mais em estratégias de posicionamento na internet.

Isso inclui usar canais de comunicação, como sites e blogs, para publicar posts a fim de atrair a atenção do público em foco.

Se você quer saber mais sobre o marketing de conteúdo, sua definição e estratégias principais, prossiga a leitura.

Apresentando o marketing de conteúdo

Em épocas anteriores ao marketing de conteúdo, a publicidade corporativa considerava que o público era um consumidor passivo das ofertas a que ele era exposto.

Hoje, essa noção se modificou. Devido ao grande volume de possibilidades que a internet apresenta, as pessoas se tornaram consumidoras mais seletivas.

Nesse contexto, fazer marketing invasivo (por meio de pop-ups indesejados, por exemplo) não surte o mesmo efeito.

O público precisa ter certeza de que determinada marca tem o que é preciso para atendê-lo com excelência. Apostar em conteúdos relevantes é um caminho para isso.

Por meio de posts instrutivos, marcas podem mostrar na prática todos os benefícios dos seus produtos, até mesmo para a produção de diferentes músicas como um hino de aniversário moderno, assim agregando valor a eles e construindo sua autoridade no mercado.

Como arquitetar o marketing de conteúdo para o seu negócio

A estratégia de marketing de conteúdo é a operação que toda empresa deve fazer antes de promover ações na internet.

Esse plano possui cinco etapas para sua aplicação, sendo elas:

  1. Planejar de acordo com os objetivos;
  2. Definir o perfil exato do alvo (persona);
  3. Produzir excelentes conteúdos;
  4. Divulgar todo o material;
  5. Avaliar com calma os resultados obtidos.

O planejamento consiste em delegar tarefas para cada membro da equipe, de modo a organizar toda a estratégia de marketing.

A persona diz respeito ao cliente ideal fictício da empresa, definido a partir de pesquisas prévias de dados pessoais de clientes já convertidos.

A criação de conteúdo deve se dar em meios de comunicação que sejam populares entre a base de clientes. A pesquisa prévia para a persona garante que as redes certas sejam escolhidas.

A distribuição é a parte em que os conteúdos produzidos são repercutidos em redes sociais, listas de e-mail e outros meios pertinentes.

A mensuração de resultados serve para avaliar o impacto das publicações, portanto, eleja indicadores de desempenho (compartilhamentos, tráfego, número de conversões) para poder otimizar essa análise. 

De que forma manejar o marketing de conteúdo

É importante destacar que o marketing de conteúdo deve ser integrado a outras estratégias de marketing.

Dessa forma, sua efetividade será maximizada e os resultados serão mais longevos.

Confira a seguir métodos para aplicar essa estratégia de inbound marketing na sua empresa.

Tenha objetivos definidos

Você precisa saber com clareza o que procura alcançar com a estratégia de marketing de conteúdo.

Tenha objetivos bem definidos para assegurar que todos os investimentos terão retorno, além de garantir que a equipe saiba como agir conforme as condições apresentadas.

Seus objetivos podem ser aumentar o tráfego do seu site, apresentar um novo produto para o público ou diminuir o custo de aquisição de clientes, por exemplo.

Identifique a persona

Como foi dito nos tópicos acima, a persona é o cliente ideal da empresa. Ela é composta a partir de pesquisas nos perfis dos compradores e identificação de padrões de comportamento. Até mesmo se você for criar conteúdos de filmes na netflix ação, é necessário saber quem vai ser a sua persona, pois dessa forma você cria conteúdos que realmente vão entreter seus visitantes.

A persona é um conceito mais aprofundado do que o público-alvo. Ele leva em conta aspectos pessoais, como sonhos, ambições e dificuldades.

Uma persona bem desenvolvida proporciona mais segurança para a empresa investir em ações assertivas. Afinal, é preciso conhecer bem o público antes de oferecer qualquer produto a ele.

Escolha os canais

Existe uma infinidade de redes sociais e plataformas propícias para o marketing de conteúdo.

Isso não quer dizer que sua empresa tem que estar em todas elas.

Escolha aquelas que são mais populares entre seu público-alvo. Investir em campanhas de Twitter Ads pode ser muito frutífero se sua base de clientes usa o Twitter, por exemplo.

Por outro lado, ter um site atualizado constantemente é uma vantagem importante em todos os ramos.

Ele é o primeiro contato das pessoas com a sua marca. Por isso, precisa transmitir com segurança e qualidade os valores e a mensagem da empresa.

Também busque alimentar um blog associado ao seu site com posts instrutivos relacionados a seus produtos.

O marketing de conteúdo deve vir sempre acompanhado de análises e avaliações da repercussão do que é produzido.

Fique atento aos indicadores de desempenho para identificar erros e acertos. Assim, a estratégia é aprimorada dia após dia e sua consistência aumenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *